Procura por carreira de programador cresce 30% no Brasil

No mundo da economia digital, os profissionais de tecnologia são cada vez mais disputados pelas grandes empresas de tecnologia, mas também por qualquer negócio, dada a importância do ambiente digital atualmente.

Em 2021, a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) viu a criação de mais de 123 mil novos empregos apenas no setor de Tecnologia da Informação. Já Fórum Econômico Mundial prevê a criação de quase 7 milhões de novos postos de trabalho no setor de tecnologia apenas em 2022.

Se há uma busca maior por um profissional capacitado na área de tecnologia, há também um verdadeiro boom de profissionais interessados em migrar ou começar a atuar nessa área. A EXAME obteve com exclusividade alguns dados do Google Trends que confirmam esse maior interesse do brasileiro pela carreira de tecnologia.

Segundo os dados do Google, a pesquisa por ciência de dados e tecnologia cresceu 1170% nos últimos cinco anos no Brasil e procura pela carreira de programador aumentaram 30% em comparação com 2021.

As altas, porém, são ainda maiores quando os termos são pesquisados ao lado da palavra “vagas”.

As buscas pelas palavras “tecnologia” e “vagas” aumentaram +30%, enquanto as buscas pelas palavras “desenvolvedor” e “programador” ao lado de “vagas” subiram +30% nesse período no Brasil. Além disso, as pesquisas por “vagas” dentro da vertical de Ciência da computação cresceram +230% nos últimos 12 meses.

Qual linguagem de programação é a mais buscada?
A busca pela linguagem Python domina as procuras dos brasileiros no Google. Nos últimos 12 meses, a linguagem Python ultrapassou a busca pela linguagem Java, que dominava a série histórica do buscador desde 2004.

O interesse por Python já era crescente ano a ano e subiu +15% nos últimos 12 meses em comparação com o período anterior. Nos últimos cinco anos, as buscas mais que dobraram (+122%).

Por outro lado, as buscas por Java estavam caindo ano a ano. Em 12 meses, o interesse pela linguagem oscilou pouco (-1%). Porém, na comparação dos últimos cinco anos com o período anterior, a queda foi de -72%. Já a linguagem JavaScript ultrapassou a Java e hoje é a segunda linguagem mais pesquisada pelos brasileiros no Google.

Segundo um estudo divulgado no começo de 2022 pela plataforma de hospedagem de código-fonte GitHub, a linguagem de programação mais utilizada no Brasil continua sendo a Javascript, seguida da Sass CSS e da Blade.

Entretanto, o estudo também reforça essa tendência de crescimento acelerado que o mercado de tecnologia vive no Brasil.

Ainda segundo o GitHub, embora o mercado sul-americano tenha contribuído com apenas 6% do número total de programadores em todo o mundo, em comparação com a América do Norte e Ásia que, juntas, tiveram 60% dos desenvolvedores de software contribuindo com código, esta região foi a que mais cresceu em comparação com o ano anterior.

O Brasil, em particular, é uma das comunidades de desenvolvedores de software que mais cresce no mundo, com um crescimento anual de 40% no total de usuários.

(Com informações da Exame)