Metaverso vai influenciar nova geração de consumidores

Palestrantes da NRF 2022 analisam como o novo ambiente está virando um campo de ensaio para conhecer o consumidor jovem

Com consumidores cada vez mais preocupados com questões de sustentabilidade, as marcas estão empenhadas em conectar seu modelo de negócio a ações que respeitem o meio ambiente e as pessoas. Desta forma, a Renner, há anos, tem uma estratégia consistente de moda responsável, alinhada ao conceito de economia circular.

Localizada no Shopping Rio Sul, no Rio de Janeiro, a marca inaugurou uma nova loja projetada com as melhores escolhas para o uso de recursos, da concepção até a operação. A nova unidade tem como foco a redução da utilização de água, ataque a geração de resíduos e adoção de mobiliário circular.

Com a estratégia, a marca tentará fazer com que seus produtos e recursos permaneçam em uso pelo maior tempo possível. Ou seja, garantir que os ciclos de uso desses materiais sejam ampliados ao máximo e que, ao fim de sua vida útil, eles não virem lixo, mas sejam reaproveitados em outros ciclos de produção ou consumo.

O diretor presidente da Renner, Fabio Faccio, afirmou que assumiu o desafio de desenvolver no Brasil um projeto de loja até então inexistente no mercado e que mostra o que a marca acredita ser o caminho para o varejo do futuro. A novidade, segundo ele, está alinhada com a sólida jornada ESG, que traz a moda responsável no topo desta equação.

Todas essas ações deram consistência à atuação da Renner e já conquistam o reconhecimento do mercado. Na última edição do Índice de Sustentabilidade do Dow Jones, referência global em sustentabilidade corporativa ao avaliar as práticas ESG das maiores empresas de capital aberto, a companhia foi a empresa de varejo com maior pontuação no mundo e a única varejista de moda do Brasil a ser listada.