Facily levanta US$ 135 milhões e se torna novo unicórnio brasileiro

Com o aporte, a startup supera a avaliação de mercado de US$ 1,1 bilhão

Foto: Divulgação

A startup Facily, que atua como um hipermercado digital de compras coletivas, anunciou a extensão de mais US$ 135 milhões em uma rodada de investimento levantada originalmente em novembro, quando já havia recebido US$ 250 milhões. Com o aporte, a startup supera a avaliação de mercado de US$ 1,1 bilhão, tornando-se o novo unicórnio brasileiro.

A rodada foi liderada pela Goodwater Prosus, com a participação da Rise CapitalEmerging VariantTru Arrow e outros fundos. A empresa é o primeiro social commerce a chegar a esse marco na América Latina. Atuando como um hipermercado digital, a Facily vende alimentos e produtos de limpeza e deve expandir em breve para as categorias de moda, decoração e eletrônicos.

O objetivo é vender alimentos e outros produtos com preços até 70% menores para famílias de baixa renda, por meio de vendas em grupos e gamificação, tirando as barreiras do e-commerce tradicional. A Faciliy foi fundada em 2018 pelos empreendedores Diego Dzodan (ex-vice-presidente do Facebook para a América Latina), Luciano Freitas (trabalhou na Airbnb e Uber) e Vitor Zaninotto (trabalhou na SAP).

O aplicativo está presente em nove cidades do Brasil, e cresceu durante a pandemia: até outubro, a empresa registrou 7 milhões de pedidos no total, um aumento de 46 vezes em relação a janeiro. O mais novo unicórnio tem um catálogo de 12 mil vendedores cadastrados na plataforma, que já registra 12 milhões de downloads – desses, 10 milhões são usuários ativos.