São Luís lança o primeiro posto de carregamento para veículos elétricos no sábado (18)

O eletroposto será instalado às 17h no Parque do Rangedor

Foto: Divulgação

Os veículos elétricos estão na pauta do mercado automotivo como um todo e vêm crescendo continuamente no Brasil. No ano passado, a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE) registrou recorde de emplacamentos, com aumento de 66,5% em relação ao ano anterior, saltando de 11.858 unidades em 2019 para 19.745 unidades em 2020.

Neste sábado (18), para acompanhar os avanços dos veículos eletrificados, São Luís receberá a instalação de um posto de carregamento elétrico no Parque do Rangedor. O eletroposto será instalado às 17h. A iniciativa faz parte do projeto de Mobilidade Elétrica do Grupo Equatorial, por meio do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Agência Nacional de Energia Elétrica, além de contar com a parceria do Governo do Estado

Incentivo à eletrificação

O carregador de carros elétricos será disponibilizado de forma gratuita aos visitantes no Parque do Rangedor, com o objetivo de incentivar a tendência mundial de eletrificação de carros e apresentar uma proposta de modelo de negócios sustentáveis para o transporte.

Além disso, pretende desenvolver inovações tecnológicas e diversificar a matriz energética, incentivar a redução de impactos ambientais oriundos da utilização de combustíveis fósseis, fomentar a qualidade de vida da comunidade através do uso dos equipamentos disponibilizados para o lazer e fomentar o avanço tecnológico nacional.

Augusto Miranda, CEO do Grupo Equatorial, afirmou que a mobilidade elétrica é uma realidade que a empresa pretende fomentar, contribuindo para diminuir a emissão de poluentes na atmosfera, já que o carro elétrico é considerado um meio de transporte limpo.

O estudo Mobilidade Sustentável: Cenários para Acelerar a Penetração de Veículos Elétricos Leves no Brasil, da Organização das Nações Unidas, mostrou que o Brasil precisa desses estímulos para ampliar o alcance dos elétricos. Os resultados revelam que as políticas de incentivo podem elevar a participação dos elétricos a até 20% das vendas de automóveis em 2050 – ante aos 3,8% estimados atualmente.

Bicicletas elétricas

Em comunicado, o governador Flávio Dino afirmou que os veículos elétricos são uma tendência que irá crescer e, no Parque do Rangedor, haverá uma experimentação desse futuro, com serviços de administração do parque, que estarão com veículos elétricos e a disponibilização das bicicletas elétricas para os frequentadores.

A estação contará com dez bicicletas elétricas para uso dentro do Parque, por meio do compartilhamento via aplicativo de celular. A bicicleta poderá ser usada gratuitamente durante o período de uma hora e serão carregadas no eletroposto do Parque.