Microsoft ultrapassa Apple e se torna empresa mais valiosa do mundo

A fabricante do Windows está avaliada em cerca de US$ 2,49 trilhões, enquanto a dona do iPhone está em torno de US$ 2,47 trilhões

Foto: Reprodução

Microsoft ultrapassou a Apple em valor de mercado e se tornou a empresa de capital aberto mais valiosa do mundo. A fabricante do Windows está avaliada em cerca de US$ 2,49 trilhões, enquanto a dona do iPhone está em torno de US$ 2,47 trilhões.

O balanço melhor do que o esperado da Microsoft foi o mais recente catalisador que empurrou as ações para cima. Enquanto isso, a Apple alertou que gargalos na cadeia de suprimentos estão atrapalhando a fabricação do iPhone e de outros produtos.

O lucro da Apple foi de US$ 20,5 bilhões e ficou acima das expectativas, mas o faturamento decepcionou analistas após problemas de abastecimento com a escassez de chips. O presidente-executivo da Apple, Tim Cook, disse que o impacto será ainda pior nas vendas de fim de ano.

A Apple foi a primeira empresa a ultrapassar US$ 1 trilhão e US$ 2 trilhões em valor de mercado, marcos que atingiu em agosto de 2018 e agosto de 2020, respectivamente. A empresa se tornou a mais valiosa do mundo em julho de 2020, depois de ultrapassar a gigante do petróleo da Arábia Saudita, a Saudi Aramco

Já as ações da Microsoft subiram mais de 45% em 2021, com a demanda por seus serviços baseados em nuvem impulsionando as vendas. A última vez que a companhia teve valor de mercado maior que a da Apple foi em julho de 2020, de acordo com a Dow Jones Market Data.

O última período estendido da Microsoft como a empresa mais valiosa do mundo ocorreu durante o final dos anos 1990 e início dos anos 2000, quando seus negócios consistiam principalmente do sistema operacional Windows e seu pacote de aplicativos de software Office.