Uber lança recurso que custará mais caro para passageiro ser atendido com prioridade

Passageiro se dispõe a pagar a mais para tentar atrair mais carros e diminuir tempo de espera

Foto: Reprodução

O Uber lançou uma nova modalidade de serviço em que o passageiro, por um custo em média 20% maior, “fura a fila” para conseguir o embarque mais rápido. À princípio, a novidade começou a valer nas cidades de Campinas (SP), Curitiba (PR) e Belém (PA).

O recurso chega como uma nova alternativa, em meio às queixas de usuários sobre cancelamento de motoristas e demora para conseguir um carro para a viagem. Além disso, a empresa afirmou que a nova modalidade chega como mais uma oportunidade de ganho para os motoristas, já que serão mais caras que as do UberX.

Dessa maneira, os motoristas são incentivados a optar por viagens da nova modalidade. O foco da iniciativa será nas regiões centrais das cidades, porque, segundo o Uber, a espera costumam ser mais longas nesses locais. Caso a função seja aceita e utilizada por usuários, a expectativa do Uber é que ela seja levada para outras cidades em breve.

No último mês, o Uber realizou o cancelamento do cadastro de 1.600 motoristas no aplicativo. A justificativa da empresa para realizar o banimento foi por conta do excesso de cancelamento de viagens. Isto porque o excesso de cancelamentos acaba atrapalhando o bom andamento da empresa e gerando desconfiança dos usuários.

Não é necessário baixar ou atualizar o aplicativo, a opção ‘Prioridade’ aparecerá automaticamente após o passageiro selecionar os locais de início e destino da viagem. Não há horário de funcionamento fixo, o sistema acompanha a dinâmica de movimentação.