Falha em configuração interna provocou pane global, diz Facebook

Tanto os aplicativos quanto as versões desktop das redes sociais apresentam instabilidade

Foto: Reprodução

O Facebook culpou “alterações de configuração em roteadores que coordenam o tráfego de rede” pela interrupção de horas, nesta última segunda-feira (4). O problema foi o maior já rastreado pelo Downdetector e impediu os 3,5 bilhões de usuários de acessar suas redes sociais e serviços de mensagens, como WhatsApp, Instagram e Messenger.

Em nota, a plataforma informou também que não houve um ataque hacker nem vazamento de dados de usuários. De acordo com o Facebook, a falha ocorreu durante uma mudança numa estrutura que coordena o tráfego entre seus centros de dados, o que gerou um efeito cascata que interrompeu a comunicação e fez com que outros centros fossem afetados.

A empresa afirmou ainda que, até o momento, não tem evidências de que os dados de usuários tenham sido comprometidos como resultado do tempo de inatividade e se desculpou com aqueles que foram prejudicados com a interrupção. O Facebook não especificou quem executou a alteração na configuração e se essa mudança estava planejada.

Leia a nota completa do Facebook:

A todas as pessoas e empresas em todo o mundo que dependem de nós, lamentamos o transtorno causado pela interrupção de hoje em nossas plataformas. Temos trabalhado o máximo que podemos para restaurar o acesso e nossos sistemas estão funcionando novamente. A causa subjacente dessa interrupção também afetou muitas das ferramentas e sistemas internos que usamos em nossas operações diárias, complicando nossas tentativas de diagnosticar e resolver o problema rapidamente.

Nossas equipes de engenharia aprenderam que as alterações de configuração nos roteadores de backbone que coordenam o tráfego de rede entre nossos data centers causaram problemas que interromperam essa comunicação. Essa interrupção no tráfego de rede teve um efeito cascata na maneira como nossos data centers se comunicam, interrompendo nossos serviços.

Nossos serviços estão novamente online e estamos trabalhando ativamente para devolvê-los totalmente às operações regulares. Queremos deixar claro neste momento que acreditamos que a causa raiz dessa interrupção foi uma alteração de configuração com defeito. Também não temos evidências de que os dados do usuário tenham sido comprometidos como resultado desse tempo de inatividade.

Pessoas e empresas em todo o mundo confiam em nós todos os dias para se manterem conectadas. Entendemos o impacto que interrupções como essas têm na vida das pessoas e nossa responsabilidade em mantê-las informadas sobre interrupções em nossos serviços. Pedimos desculpas a todos os afetados e estamos trabalhando para entender mais sobre o que aconteceu hoje para que possamos continuar a tornar nossa infraestrutura mais resiliente.