Banco Central comunica primeiro vazamento de dados cadastrais do Pix

De acordo com autarquia, não foram expostos dados sensíveis, como senhas ou saldos financeiros

Foto: Reprodução

Banco Central (BC) informou nesta quinta-feira (30) que foi registrado o primeiro vazamento de chaves do Pix, sistema de pagamentos instantâneos, que estavam sob a guarda e a responsabilidade do Banco do Estado de Sergipe (Banese).

De acordo com o BC, o vazamento se deu em razão de falhas pontuais em sistemas da instituição financeira e envolveu informações de natureza cadastral, que não dão margem à movimentação de recursos ou acesso a contas.

Em comunicado, a autarquia afirmou que não foram expostos dados sensíveis, tais como senhas, informações de movimentações ou saldos financeiros em contas transacionais, ou quaisquer outras informações sob sigilo bancário.

As informações vazadas, segundo o Banese, seriam nome, CPF, banco em que a chave está registrada, agência, conta e outros dados técnicos utilizados para fins de controle antifraude, tais como a data de abertura da conta e data de registro da chave.

O Banese acrescentou que vai apurar o ocorrido e aplicar medidas sancionadoras previstas na regulação. Já o BC afirmou que as pessoas afetadas pelo vazamento serão notificadas unicamente por meio do aplicativo do seu banco.