Meme ‘Chloe’ é vendido em formato NFT por US$ 73.900 em leilão

Os lances para arrematar o arquivo partiram de 5 ethereum, a criptomoeda de venda do certificado digital, cerca de US$ 15.000

Foto: Reprodução

Chloe Clem, atualmente com 10 anos, ficou famosa em 2013, quando sua mãe compartilhou na internet sua reação pouco entusiasmada à notícia de que viajaria para Disneylândia. A imagem que se tornou um meme mundial foi vendido em formato digital NFT nesta sexta-feira (24) por US$ 73.900 em leilão na internet.

O vídeo foi assistido mais de 20 milhões de vezes, e a imagem da reação de Chloe virou sensação na internet. Os lances para arrematar o arquivo partiram de 5 ethereum, a criptomoeda de venda do certificado digital, cerca de US$ 15.000. Mas subiram para 25 ethereum – equivalente a mais de R$ 390.000.

Token digital

Um NFT fornece um certificado digital de propriedade para a imagem, mas sem os direitos autorais. O vencedor do leilão possui o token digital que representa o meme, mas não o meme em si. Quando comprado em criptomoedas, a transação é registrada em um registro disponível ao público denominado blockchain.

Katie Clem, mãe da Chloe, disse que depois de aprender sobre o mercado de NFT, a decisão de vender o meme era “óbvia”. Tamanho é o sucesso de Chloe no Brasil que, em 2017, ela fez um tour pelo país a convite do Google. Com frequência, ela lembra dos fãs brasileiros também es suas postagens.