Bill Gates investe US$ 50 milhões em startup de robôs ‘agricultores’

Os robôs movem pallets de manjericão genovês e um braço robótico movimenta os pallets para inspeção

Foto: reprodução

Uma startup do Vale do Silício levantou US$ 50 milhões (R$ 263 milhões, na cotação atual) em uma rodada de liderada pelo fundo de tecnologia Breakthrough Energy, de Bill Gates. A Iron Ox trabalha com robôs integrados num sistema hidropônico que consome 90% menos água que plantações tradicionais.

A companhia está colocando o sistema para funcionar numa área de 10 mil metros quadrados na Califórnia, que atravessa grave período de seca. Os robôs movem pallets de manjericão genovês e um braço robótico movimenta os pallets para inspeção.

Sensores checam níveis de nitrogênio e de acidez da água para um crescimento saudável das plantas. Então os sensores avaliam o que está faltando e de que a planta precisa, segundo a Iron Ox. A água não usada pode ser bombeada de volta para o sistema e usada posteriormente.

Os investimentos pessoais e filantrópicos do Bill Gates, corriqueiramente, se voltam para inovações que visam aumentar a produtividade agrícola. Para ele, a tecnologia pode ser aliada na redução da fome e da pobreza no mundo ao melhorar a produção de alimentos.