Orçamento de 2022 prevê salário mínimo de R$ 1.169

Valor é R$ 22 maior que o aprovado na LDO

Foto: Reprodução

O governo federal enviou o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2022 ao Congresso Nacional nesta terça-feira (31), último dia do prazo. A LOA estabelece o orçamento da União para o próximo ano e estima as receitas e despesas do Executivo.

O projeto da lei orçamentária de 2022 prevê salário mínimo de R$ 1.169, R$ 22 mais alto que o valor de R$ 1.147 aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), além de alta de 2,51% no Produto Interno Bruto (PIB).

Contudo, o valor deve ser elevado nos próximos meses, uma vez que, para calcular o aumento, a equipe econômica usou uma estimativa de inflação defasada. A conta do reajuste considera que a inflação (medida pelo INPC) será de 6,2% até dezembro, mas as projeções do mercado já apontam para uma inflação acima de 7%.

Durante coletiva de imprensa na tarde desta terça, Ariosto Antunes Culau, secretário de Orçamento Federal, foi questionado sobre o valor proposto para o salário mínimo não superar a inflação. Ele destacou que o montante considera a linha de corte, feita em julho, para elaborar as estimativas.

Segundo o secretário, isso ocorre porque o processo orçamentário envolve centenas de despesas e as estimativas do Orçamento para o ano seguinte devem ser definidas no período de julho a agosto.