Criança de 12 anos ganha R$ 2 milhões com NFTs de baleias

Benyamin Ahmed criou uma coleção de mais de 3 mil imagens de baleias e vendeu tokens digitais delas

Foto: Reprodução

Um menino de 12 anos, morador de Londres, no Reino Unido, ganhou cerca de £ 290 mil (cerca de R$ 2 milhões) durante as férias escolares, após criar uma série de obras de arte pixeladas chamadas Baleias Estranhas” e vender como NFTs (“token não fungível”, em tradução livre).

A coleção com 3.350 baleias pixelizadas não é a primeira e nem será a última criação de Benyamin. O garoto já criou um outro conjunto artístico inspirado no jogo Minecraft. Agora, já está trabalhando em sua terceira coleção com o tema de super-heróis.

A fortuna de Benyamin Ahmed está guardada em uma carteira digital na Ethereum, o que pode ser um tanto arriscado quanto muito rentável. Em formato de criptomoeda, o valor arrematado pode sofrer grandes alterações, sendo elas positivas ou negativas, devido à volatilidade do mercado de criptoativos.

O pai de Benyamin, Imran, um desenvolvedor de software que trabalha com finanças tradicionais, incentivou Benyamin e seu irmão, Yousef, a começar a codificar aos cinco e seis anos. Os meninos faziam 20 ou 30 minutos de exercícios de codificação por dia – inclusive nos feriados, diz ele.