AliExpress anuncia abertura de marketplace para vendedores brasileiros

Para fazer cadastro, comerciantes precisam ter CNPJ e estão sujeitos à aprovação da empresa

Foto: Reprodução

O AliExpress, serviço de vendas internacionais do grupo Alibaba, anuncia a abertura de seu marketplace para todos os vendedores brasileiros. Agora, lojistas nacionais poderão se beneficiar, sem custo mensal, do tráfego e dos milhões de usuários que o AliExpress acumula no Brasil há 11 anos, quando estreou no país.

Frete gratuito

De acordo com o grupo chinês, haverá frete gratuito em compras a partir de R$ 50 para todo o território nacional, válido nas vendas de lojistas brasileiros para consumidores no Brasil. Para não haver cobrança da entrega, o produto não pode ter “peso excessivo”.

O envio de produtos dentro do território nacional será coordenado pela Cainiao, empresa de logística do grupo Alibaba, que já possui operação no Brasil. Os técnicos da Cainiao serão responsáveis por adicionar tecnologias avançadas do grupo no Brasil e coordenar os serviços prestados por diversos parceiros locais.

Comissão mais baixa

O AliExpress disse ainda que irá cobrar comissão mais baixa do que a média do mercado brasileiro, que varia entre 5% e 8% de acordo com a categoria do produto. A AliExpress diz que serão autorizadas as entradas de vendedores que possuam um cadastro CNPJ, além de ser sujeito à aprovação da empresa.

O serviço de vendas locais do AliExpress assegurará aos lojistas brasileiros em sua plataforma um fluxo de repasses financeiros mais rápido que a média do mercado e a possibilidade de realizarem saques, sem custos, diariamente, afirmou a empresa.