Fiat Strada se torna o carro mais vendido do Brasil

Entre os meses de janeiro a julho, foram emplacadas 70.502 unidades de Fiat Strada

Foto: Reprodução

O ano de 2021 para a Fiat pode ser considerado de fato “o ano”. As vendas no Brasil cresceram significativamente, o que não acontecia antes no país. A quantidade de picapes Série F tinham ótimos resultados de venda no Estados Unidos, mas este ano as coisas mudaram.

Entre os meses de janeiro a julho, foram emplacadas 70.502 unidades de Fiat Strada, levando o modelo a se tornar líder no ranking de vendas. O Hyundai HB20 ocupa o segundo lugar, com 53.205 exemplares vendidos.

O Chevrolet Onix perdeu a posição para o Strada, o modelo vinha sendo por seis anos o primeiro lugar nas vendas, esse ano caiu para a sexta posição, com 42.894 exemplares comercializados.

Graças a Strada, a Fiat conquistou 26,4% das vendas nos primeiros seis meses de 2021. Hoje, a Strada é a única picape compacta com cabine dupla e quatro portas do mercado.

Strada reeditada

Cassio Pagliarini, da consultoria Bright Consulting explica que foram as mudanças introduzidas na segunda geração que a tornaram sem concorrentes diretos, ao menos até agora.

A Fiat reeditou com a nova Strada a fórmula bem sucedida da Toro, ao combinar características de carros de passeio com a robustez de veículos utilitários. Tudo isso com preços mais acessíveis, porte mais compacto e visual atraente.

A Fiat considera a nova geração da Strada um divisor de águas. O diretor da Fiat no Brasil e na América Latina, Herlander Zola diz que hoje vende praticamente o dobro do que a geração anterior.

Ele acrescenta que especialmente nas versões de cabine dupla e quatro portas, a Strada passou a ser alternativa para muitos clientes que até então não colocavam uma picape no seu radar.

A oferta das quatro portas, aliada com a disponibilidade de equipamentos desejados em carros de passeio, como central multimídia atual, faróis de LED e sensores traseiros de estacionamento, ampliou bastante o público potencial da picape.

Comodidade

Quem hoje pensa em comprar um SUV pequeno já avalia levar a Strada, que oferece a comodidade das quatro portas e bastante espaço para bagagens na caçamba, acrescenta Pagliarini.

No ranking de mais vendidos da atual geração de 2020, A Fiat Strada ocupava o quarto lugar como mais vendido do país, foram 80.042 emplacamentos. Atrás dela estavam o Chevrolet Onix, com 135.351, Hyundai HB20, com 86.548 e Chevrolet Onix Plus com 83.392 emplacamentos.

De acordo com a General Motors, a falta de componentes eletrônicos teve grande impacto no Onix e no Onix Plus, cuja produção em Gravataí (RS) ficará interrompida por, no mínimo, cinco meses ao longo de 2020. A previsão de retomada é para o dia 16 de agosto.

O impacto foi grande, diante da parada temporária, as vendas do hatch e o sedã, respectivamente, caíram para a 13° posição. Zola ressalta que tem conseguido gerenciar esse problema de maneira mais eficiente do que as deais montadoras.

O time de supply chain tem buscado alternativas no mundo todo e investido em soluções técnicas para manter a produção com a maior disponibilidade. Atualmente, a Fiat vem dominando a modalidade de comércio de veículos novos.

Vice-líder Volkswagem

No Brasil, a Fiat registra 32,08% de todas as vendas diretas de carros de passeio e comerciais leves, esse percentual diz respeito ao primeiro semestre do ano. Os números ficaram bem acima do que registra a vice-líder Volkswagen, responsável dos 17,25% das vendas.

A Fiat tem adotado uma estratégia agressiva para o faturamento direto de veículos, alavancando as vendas de Strada e Toro. Além disso, a categoria de picapes como um todo tem sofrido menos na pandemia, beneficiada pelo bom desempenho do agronegócio no Brasil, conclui Pagliarini.