Nubank investe US$ 44 milhões em fintech indiana

Em conjunto com Sequoia Capital e Matrix Partners, banco liderou rodada de investimentos na Jupiter

Foto: Reprodução

Maior banco digital do mundo, o Nubank surpreendeu o mercado na quinta-feira, dia 5, ao co-liderar um investimento de 44 milhões de dólares em uma fintech indiana, a Jupiter. Com a rodada Series B, a startup passou a ser avaliada em 300 milhões de dólares.

O movimento do Nubank chamou a atenção de especialistas, uma vez que, por ora, a sua expansão internacional se dá em dois mercados da América Latina com similaridades com o brasileiro: Colômbia e México. E também porque foi o primeiro investimento do Nubank em uma companhia que não será incorporada.

Em nota, David Vélez, CEO e fundador da Nubank, afirmou que Nubank e Jupiter compartilham a missão de criar a melhor experiência financeira possível para os clientes, acabando com toda a burocracia e as dores do sistema atual. Segundo ele, os mercados indiano e latinoamericano têm muitas semelhanças e o objetivo é apoiá-los em seu caminho de crescimento.

Para o executivo, há muito potencial na empresa. A Jupiter foi fundada por Jitendra Gupta e possui 100 mil pessoas em uma lista esperando a realização do on-boarding. Estima-se que, dentro de um mês, aconteça o lançamento da plataforma para o público em geral.

Este é o primeiro investimento puro do Nubank em outra companhia. Até então, o Nubank havia feito apenas aquisições que tinham como objetivo enriquecer o portfólio de serviços oferecidos para seus clientes, e também reforçar o time de talentos. Em 2020, a empresa começou sua jornada de aquisições com a compra da Easynvest.