Twitter registra maior alta em sua receita trimestral desde 2014

Receita com publicidade teve alta de 87%, em relação ao mesmo período do ano passado

Foto: Reprodução

O Twitter divulgou o resultado financeiro da empresa referente ao segundo trimestre deste ano, com um lucro líquido de US$ 66 milhões no período, ante um prejuízo de US$ 1,38 bilhão em 2020. O resultado foi impulsionado por melhorias nas ferramentas de publicidade direcionada.

A empresa também afirmou que as mudanças promovidas pela Apple para manter os dados dos usuários dos iPhones privados atingiram seu faturamento menos do que o temido. Já o lucro por ação (LPA), em termos ajustados, foi de US$ 0,20, acima das estimativas da Renifitiv.

Sua receita trimestral chegou a US$ 1,19 bilhão, um aumento de 74% no comparativo anual, a maior alta desde 2014. O resultado também superou as expectativas do mercado, que projetavam uma receita de US$ 1,07 bilhão. A receita com publicidade do trimestre 87% contra 2020, para US$ 1,05 bilhão.

O Twitter registrou 206 milhões de usuários diários ativos monetizáveis no trimestre, cumprindo estimativa de analistas de 205,9 milhões, segundo a Refinitiv. Após o anúncio, as ações da companhia saltaram 7%, para US$ 75, depois do fechamento oficial do mercado.

Desde o começo do ano, o Twitter tem corrido para lançar produtos em novas áreas como salas de bate-papo por áudio e publicação de newsletter em um esforço para recuperar anos de estagnação de negócios e atingir a meta de dobrar o faturamento anual até 2023.