Virgin Galactic ganha US$ 841 milhões após viagem bem sucedida ao espaço

A companhia já tem cerca de 600 clientes com estas viagens reservadas, com um custo por viagem que ronda os 250 mil dólares

Foto: Reprodução

Após a viagem bem sucedida deste domingo (11), que abriu caminho às viagens espaciais, os títulos da Virgin Galactic estavam a subir antes da abertura do mercado. No início da manhã desta segunda-feira, as ações da empresa subiam cerca de 7%, o que aumentava o valor de mercado da empresa em US$ 841 milhões.

Contudo, as ações despencaram após a divulgação da potencial venda de papéis, o que sugeriu a necessidade da empresa de fundos adicionais enquanto prepara sua estreia comercial. Ken Herbert, analista da Canaccord Genuity, afirmou que o desafio será manter o ímpeto e estabelecer um plano de negócios em 2022 que possa mostrar uma cadência de lançamento comercial repetível e crescente.

Turismo espacial

Aos 70 anos, o multimilionário Richard Branson, dono da companhia aérea, esteve a bordo do voo, inaugurando um novo capítulo na área do turismo espacial. Numa viagem de uma hora, Branson esteve acompanhado por uma equipe de especialistas, com o objetivo de testar o conforto da viagem, já que a empresa pretende entrar no turismo espacial.

A Virgin Galactic já tem aproximadamente 600 clientes com estas viagens reservadas, com um custo por viagem que ronda cerca de US$ 250 mil. A companhia afirmou ainda que retomará as vendas de passagens após os voos de teste do verão. As ações dobraram de preço neste ano, elevando o valor de mercado da empresa para cerca de US$ 11,8 bilhões.