WhatsApp libera transferência de dinheiro para todos usuários no Brasil

Aplicativo de mensagens confirmou que 100% das pessoas que usam serviço no país já podem usar o recurso

Foto: Reprodução

WhatsApp confirmou nesta terça-feira (29) que todos os usuários no Brasil já podem usar a nova função de transferência de dinheiro. O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, detendor também do WhatsApp e do Instagram, havia anunciado o lançamento das transferências de dinheiro no país no dia 4 de maio.

100% da base de usuários

Após o lançamento, a novidade foi liberada para as pessoas de forma gradual. Conforme alguns tinham acesso e faziam pagamentos, aqueles que recebiam eram “convidados” automaticamente. Agora, 100% da base de usuários podem encontrar a opção de “pagamento”. Por enquanto, as transações só funcionam entre pessoas físicas.

A função para empresas ainda precisa de aprovação para ser implementada no país e as discussões quanto a isso são feitas com o Banco Central. A empresa informou ainda que o envio de dinheiro pelo aplicativo é feito sem taxas e que seu modelo é protegido por várias camadas de segurança, como o PIN do Facebook Pay ou a biometria em dispositivos compatíveis.

Limitações do serviço

É possível enviar até R$ 1.000 por transação – mais de R$ 1.000 por dia é permitido, mas em transferências separadas. Além disso, cada usuário pode receber até 20 transferências por dia e há um limite de R$ 5.000 por mês para cada tipo de operação – R$ 5.000 para recebimentos e outros R$ 5.000 para envio.

A opção de transferência fica no ícone de “clipe de papel” (Android) ou “+” (iPhone) no campo de mensagens. Operado pela Cielo, o serviço está disponível para clientes com cartões de débito, pré-pago ou combo do Banco do Brasil, Banco Inter, Bradesco, Itaú, Mercado Pago, Next, Nubank, Sicredi e Woop Sicredi, com as bandeiras Visa e Mastercard.