Agropecuária cresce 5,2% no 1º trimestre e se torna destaque no PIB

Expansão em relação a igual período do ano passado reflete alta da produção de soja, fumo e arroz, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Foto: Reprodução

A agropecuária cresceu 5,1% no primeiro trimestre de 2021, frente a igual período do ano passado, e foi destaque no Produto Interno Bruto (PIB), que avançou 1,2% de janeiro a março. Em relação aos últimos três meses de 2020, o PIB agro avançou 5,7%. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

A indústria avançou 3% e os serviços tiveram queda de 0,8%. A alta em relação ao ano passado foi puxada pelo aumento da produção e ganho de produtividade nas lavouras soja (+8,6%), fumo (+3,6%) e arroz (+0,3%). O PIB agropecuário fechou o primeiro trimestre com R$ 208,8 bilhões. Já a participação percentual da atividade no valor adicionado foi de 6,8%.

Em nota, Fábio de Salles Meirelles, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de São Paulo (Faesp), afirmou que os números deixaram clara a importância do agronegócio. O setor havia sido o único que cresceu em 2020, segundo Meirelles, evoluindo 2% em relação a 2019. Todos os demais recuaram, culminando com retração total de 4,1%, acrescentou.