Compras on-line registram alta de 72% no primeiro trimestre de 2021

O valor médio por compra foi de R$ 447,90, montante 9,4% maior que o observado no quarto trimestre do ano passado, aponta levantamento da Abcomm


Desde o ano passado, o e-commerce tem se mantido aquecido. Os brasileiros compraram R$ 35,2 bilhões em produtos pela internet no primeiro trimestre deste ano, uma alta de 72,2% na comparação com o valor gasto no mesmo período do ano passado, conforme dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm).

De acordo com o levantamento, o valor médio por compra foi de R$ 447,90, montante 9,4% maior que o registrado no quarto trimestre do ano passado. Em número de pedidos, foram 78,5 milhões realizados on-line entre janeiro e março deste ano, um volume 54,7% maior do que o observado no primeiro trimestre de 2020. 

Impulso da pandemia

Diversas pesquisas vêm demonstrando o crescimento do e-commerce no Brasil, impulsionado pelo isolamento social e as restrições de circulação desde o início da pandemia de Covid-19. Logo no início do ano passado, a pesquisa Webshoppers, que é realizada pela Ebit|Nielsen e apoiada pela Elo, apontou um crescimento de 47% no faturamento e no volume de vendas digitais.