Brasil tem o iPad Pro 2021 mais caro do mundo

Do lado oposto da lista, os Estados Unidos oferecem o menor preço para a 5ª geração do produto Apple

Foto: Reprodução

Um relatório da Nukeni, com preços do mundo inteiro, apontou que o Brasil tem o iPad Pro 2021 mais caro do mundo. O país aparece ao lado da Suécia no topo do ranking. Por aqui, uma unidade do produto Apple pode custar até duas vezes mais do que nos Estados Unidos.

Por outro lado, o modelo 5ª geração, divulgado recentemente no evento Spring Loaded, é encontrado em seu menor preço nos EUA e na Ásia. Essa não é a primeira vez que o Brasil lidera esse tipo de comparação. No final do ano passado, também era os “vencedor” no ranking do iPhone 12 mais caro do mercado.

O modelo mais básico – com Wi-Fi, 11 polegadas e 128 GB –, o iPad Pro 2021 está precificado em mais de US$ 1,9 mil em território nacional – o valor é superior ao norte-americano em mais de mil doláres. A diferença aumenta quando o modelo é o intermediário – com 12,9 polegadas. O produto, que aparece nos EUA por US$ 1.099, aqui, é avaliado em mais de US$ 2,6 mil.

Isso significa que, com o dinheiro suficiente para levar duas unidades em solo norte-americano, ainda não é possível conseguir nem a primeira no Brasil. Já o iPad Pro mais completo – com 4G e 2TB – custa nos EUA menos do que o intermediário no Brasil, são US$ 2.399. Por aqui, o preço gira em torno de cerca de US$ 5,3 mil.