Energia eólica pode criar 3,3 milhões de empregos até 2026, aponta Conselho Global

A estimativa é expandir a capacidade instalada em 470 gigawatts onshore e offshore

Foto: Reprodução

A expansão da indústria de energia eólica pode criar 3,3 milhões de empregos nos próximos cinco anos, de acordo com estimativas do Conselho Global de Energia Eólica. A projeção inclui funções diretas na energia eólica onshore e offshore, bem como empregos em toda a cadeia de valor do setor – em áreas como desenvolvimento de projetos, instalação, produção, planeamento e manutenção.

A chefe de políticas e projetos do conselho, Joyce Lee, afirmou que a transição energética teria que ser acelerada na próxima década para salvaguardar as chances de alcançar a neutralidade de carbono até meados do século. De acordo com a executiva, a boa notícia é que a transição oferece empregos líquidos e ganhos econômicos.

Governos estabelecem metas

Os governos em todo o mundo podem aproveitar os benefícios socioeconômicos ao definir metas de energia renovável mais ambiciosas, simplificando a autorização para projetos eólicos e construindo mercados de energia que contabilizem os verdadeiros custos dos combustíveis fósseis, acrescentou Lee.

Os Estados Unidos disseram que queriam expandir a sua capacidade eólica offshore para 30 GW até 2030, uma medida de Joe Biden espera que gere milhares de empregos e desbloqueie bilhões de dólares em investimentos nos próximos anos. Do outro lado do Atlântico, o Reino Unido quer que a sua capacidade eólica offshore atinja os 40 GW até 2030, enquanto a União Europeia espera atingir pelo menos 60 GW até ao final desta década e 300 GW até 2050.

Potencial no Nordeste

De acordo com dados da Associação Brasileira de Energia Eólica, a instalação de novos parques eólicos devem acontecer predominantemente no Nordeste. A região é muito propícia à produção de energia eólica, uma vez que é uma zona com ventos muito fortes e constantes. Considerando que a energia éolica é a energia do vento transformada em energia elétrica através de um equipamento, a região é a melhor área do país para isso.