Apple lança iPhone 12 roxo, novo iPad Pro e novo iMac em primeiro evento do ano

Nos Estados Unidos, a novidade pode ser comprada a partir desta sexta-feira (23)

Foto: Reprodução

Apple realizou seu primeiro evento do ano e trouxe uma novidade para a linha iPhone 12: uma nova cor. Em breve, os consumidores poderão adquirir o smartphone em roxo. A variante roxa estará disponível nos modelos padrão e mini da última linha da companhia.

O celular, à venda no Brasil desde novembro, custa a partir de R$ 6.999 – a Apple não confirmou quando a opção de visual chegará no país. Nos Estados Unidos, a novidade pode ser comprada a partir desta sexta-feira (23). Vale ressaltar que não há nenhuma outra diferença no aparelho a não ser a nova cor. 

Novo iPad Pro

No evento, também foi anunciado a nova geração do iPad Pro. Agora, a versão mais potente do tablet da Apple vem com o mesmo processador presente nos computadores da marca, o chip M1, que estreou nos laptops em 2020. A mudança traz 50% mais velocidade de processamento e 40% mais desempenho gráfico em relação ao modelo anterior.

O iPad Pro também tem suporte à tecnologia 5G, câmera melhorada e entrada thunderbolt para se conectar a acessórios. São duas opções de tela: 11 polegadas (a partir de R$ 10.799) ou 12,9 polegadas (parte de R$ 14.799) – este com tecnologia miniLED, que promete mais brilho e contraste. Os valores dependem do armazenamento escolhido – opção com maior tela e 2 TB de espaço sai por R$ 29.999. 

Novo iMac

O computador “tudo em um” da Apple não recebia atualizações no visual há anos. Agora, em um retorno às raízes, estará disponível em 7 cores: verde, amarelo, laranja, rosa, roxo, azul e prata. O design tem linhas retas e é 50% menos volumoso. O modelo também conta com o processador fabricado pela gigante, o M1.

O processador M1 consome menos energia e emite menos calor do que as CPUs tradicionais – e permitiu que os MacBooks dessem um salto gigantesco, alcançando 18 horas de bateria. Como o M1 esquenta muito menos, não precisa de um cooler grande: o iMac tem dois bem pequenos, típicos de laptop. Por isso ele é tão fino, com apenas 1,1 cm de profundidade, a mesma espessura de um smartphone.

Os preços variam entre R$ 17.599 e R$ 22.599, dependendo do processador, acessórios e armazenamento escolhidos. Junto com o computador, a Apple lançou ainda uma nova versão de seu mouse e de seu teclado, agora com um leitor de impressão digital para desbloquear o computador. A empresa ainda não divulgou quando as vendas começam no país.

AirTags

Além disso, após muita especulação, a Apple finalmente lançou as AirTags, suas etiquetas eletrônicas que se conectam à rede Find My e permitem rastrear objetos do dia a dia como bolsas, mochilas, chaves e muito mais. O pingente pode ser colocado em objetos para encontrá-los com mais facilidade por meio do aplicativo “Buscar” no iPhone.

As tags se comunicam entre si e com os smartphones para mostrar a localização de objetos em um mapa ou emitir alertas sonoros por meio da conexão com o bluetooth. A tecnologia será vendida por R$ 369, com um pacote com 4 tags por R$ 1.249. A data do início das vendas não foi revelada.

Desta vez, entretanto, a empresa da maçã não saiu na frente. A concorrente Samsung anunciou recentemente a segunda geração de suas etiquetas eletrônicas, as Galaxy SmartTag+. E no papel, a tecnologia e os recursos do acessório são muito similares ao encontrado no lançamento da Apple.