Isolamento social levou brasileiros a consumirem mais o Instagram e Pinterest

O número se associa ao isolamento social e mais tempo em casa, sem tantas atividades para serem realizadas

Foto: Reprodução

A Comsorce, empresa especializada na audiência na internet, observou um aumento significativo no uso do Instagram e do Pinterest durante o início da pandemia de Covid-19. O período entre fevereiro e março do ano passado, o Instagram, por exemplo, teve um aumento de 9,4% de visitantes no Brasil.

O número se associa ao isolamento social e mais tempo em casa, sem tantas atividades para serem realizadas. Enquanto o Pinterest acumulou um aumento de 32% durante o mesmo período de 2020. Segundo Eduardo Carneiro, diretor geral de Operações da Comsorce no Brasil, o isolamento social imposto pela doença fez os brasileiros voltarem sua atenção “para dentro de casa”.

Aumento na busca por informações

O maior tempo gasto no lar acabou por potencializar o interesse por temas como reforma e decoração da casa ou como preparar um risoto, por exemplo. Carneiro também cita um aumento na procura por informações em sites de notícias, saúde, órgãos governamentais e da Caixa Econômica Federal (CEF).

No fim do primeiro semestre houve acomodação na audiência e uma queda dali em diante, em especial para Twitter e Linkedln. A Comsorce apurou que a audiência multiplataforma das dez propriedades digitais (portais, grupos de sites de uma mesma empresa e aplicativos) mais acessadas no Brasil, em fevereiro de 2021, era de 125,6 milhões, com crescimento de 4,3%.

Facebook, Twitter e WhatsApp

Além das redes sociais citadas acima, o Facebook foi apontado com aumento de visitas no Brasil, chegando a 107,8 milhões. A Comsorce também revelou dados do Twitter, que teve retração de quase 40% no período. O WhatsApp cresceu um pouco mais de 107 milhões no início de 2020, para 115,3 milhões em fevereiro deste ano.

Por meio de sua assessoria, o Twitter declarou que a empresa não divulga dados por país, mas observou que houve crescimento no número de usuários brasileiros. O Facebook, por sua vez, também emitiu nota por meio da sua assessoria, informando que em dezembro de 2020, 145 milhões de pessoas acessavam mensalmente o Facebook no Brasil.