Setor automotivo registra queda após nove meses em alta

A indústria registrou queda de 7,2% no mês de fevereiro

Foto: Reprodução

Mesmo enfrentando crise financeira desencadeada pela pandemia de Covid-19, a indústria vinha apresentando boa recuperação econômica em comparação aos outros setores. O segmento responsável pelo resultado é o setor automotivo, que vinha de nove altas seguidas, mas, em fevereiro, registrou queda de 7,2% na produção de veículos automotores, reboques e carrocerias.

Alta de 1.249,2%

De acordo com dados da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF), durante os nove meses, o setor acumulou alta de 1.249,2%. Em razão da queda registrada no mês de fevereiro, a indústria recuou, ficando inferior em 2,8%, resultado mais baixo que o anterior à pandemia.

Para o gerente da pesquisa, André Macedo, a produção automobilística foi a principal influência na queda de 0,7% da indústria na passagem entre janeiro e fevereiro. Há um impacto do recrudescimento da pandemia, que afeta a produção, explicou. O que se viu foi um número maior de unidades produtivas com paralisações no trabalho, o que afeta a produção.

Queda de 4,6%

Em comparação a janeiro, fevereiro teve queda de 4,6% respectivo ao setor com maior peso na produção, o de bens duráveis. O resultado negativo também pode ter se dado em decorrência de algumas interrupções de suas linhas de montagens com a piora da pandemia, o que conseguiria agravar o resultado que ficou abaixo do esperado no mês de março.