iFood anuncia ampliação de apoio aos entregadores do aplicativo

Empresa fará revisão das taxas mínimas para rotas, além de investimentos em ações de proteção e saúde

Foto: Reprodução

iFood anunciou a ampliação do apoio aos entregadores do aplicativo. Entre as novidades da empresa, estão a expansão do Seguro de Acidentes Pessoais, a revisão periódica no valor de rota mínima, e ampliação nacional do projeto do código de entrega, a fim de garantir mais assertividade na conferência dos pedidos.

Na prática, o Seguro de Acidentes Pessoais – que compreende a cobertura em casos de invalidez permanente total ou parcial por acidente, morte acidental, e despesas médicas, hospitalares ou odontológicas -, passará a contar também com uma cobertura adicional por lesão temporária, para casos de acidentes com comprovação de incapacidade temporária por até sete dias.

O seguro proporciona um auxílio financeiro durante o afastamento para recuperação dos profissionais. A indenização será de 70% do valor médio diário do entregador no mês anterior à ocorrência, limitado a R$700. Ao acionar a cobertura do seguro, o entregador não deverá utilizar a sua conta no aplicativo para Entregadores para fazer entregas, pela sua segurança e recuperação; caso deseje retornar após o período, poderá utilizar normalmente.

A nova iniciativa começou como piloto em Curitiba, no Paraná, e deve ser escalado para todo o país até junho de 2021. Além disso, a partir de abril, a empresa irá realizar reajuste no valor da rota mínima para R$ 5,31 e, a partir de agora, manterá a revisão de forma periódica.

Outra novidade, criada para aumentar a segurança e evitar problemas com extravios de pedidos, foi a implementação do projeto de código de validação da entrega, disponível na região do ABC, em São Paulo, Florianópolis, Belo Horizonte, Recife e Salvador. Com o recurso, será enviado ao cliente um código no momento da entrega para oferecer segurança no recebimento do pedido pelo cliente.