Spotify adquire aplicativo concorrente do Clubhouse

Plataformas baseadas em voz, como o aplicativo Clubhouse, cresceram na pandemia

Foto: Reprodução

Spotify anunciou a aquisição da Betty Labs, empresa por trás do aplicativo de áudio focado em esportes Locker Room, para acelerar sua mudança para áudio ao vivo. Novas plataformas baseadas em voz, como o aplicativo social Clubhouse, tiveram um crescimento acelerado durante a pandemia de Covid-19. 

O objetivo do Spotify é tornar podcasts mais interativos por meio de salas de áudio ao vivo e criar uma funcionalidade de salas de conversas no aplicativo de streaming. Apesar do Locker Room ser focado em conversas com fãs de esportes, os novos donos garantiram que nos próximos meses ele irá se “expandir e evoluir”.

Gustav Söderström, diretor de pesquisa e desenvolvimento do Spotify, afirmou que criadores e fãs têm pedido formatos ao vivo. O Spotify também está avançando no mercado de podcasting e gastou centenas de milhões de dólares para aumentar seu alcance com o formato e estreou um mercado de publicidade.

Capturas de tela compartilhadas por um usuário do Twitter na semana passada mostraram que o Spotify estava pesquisando a frequência com que alguns usuários usavam o Clubhouse. O Twitter também está testando um aplicativo de áudio ao vivo, Spaces, enquanto o Facebook está desenhando sua própria oferta.