Empresa instala painéis solares em propriedades rurais e fatura R$ 1 milhão

Apesar do negócio ter alcançado um crescimento de mais de 60% em 2020., o nicho de mercado ainda é pouco explorado no Brasil

Foto: Reprodução

A Service Energia, uma empresa de energia solar fotovoltaica, está colhendo bons frutos por levar energia elétrica para regiões sem eletricidade no estado do Goiás, com uso de energia solar. O sistema que capta a luz solar e converte em eletricidade custa a partir de R$ 10 mil. Os sócios compram os equipamentos e instalam nas propriedades rurais.

Euflasio Moura, um dos sócios do negócio, afirmou que, apesar de está num nicho de mercado pouco explorado, a empresa registrou um crescimento de mais de 60% em 2020. Segundo ele, apesar do investimento inicial ser alto em relação aos demais sistemas de energia, a partir de um ano, se torna muito mais viável que os outros.

O empresário explica que o objetivo é atender quem não tem opção de energia e que moram em regiões remotas do país. Entre as vantagens, ele cita que o cliente não precisa pagar nenhuma mensalidade mensal, além de não ser necessário comprar diesel toda semana. Outro benefício é que não existe custo de manutenção adicional, acrescenta.

Em 2020, a Service Energia faturou pouco mais de R$ 1 milhão. A instalação do sistema foi feita em 50 propriedades rurais. A energia solar, tem sido apontada como uma boa alternativa para a retomada do crescimento econômico no pós-pandemia. Para 2021, a empresa planeja fazer 70 instalações e levar mais energia a locais afastados.

Atração de investimentos

As energias provenientes de fontes renováveis estão entre as ações sustentáveis priorizadas por vários países, por oferecerem oportunidades de atração de investimentos, geração de empregos e diversificação de suprimento elétrico. A inclusão do tema em planos globais de recuperação econômica, já é indício do potencial financeiro.

Segundo dados da Agência Internacional de Energias Renováveis (IRENA), o Brasil assumiu a 16ª posição no ranking mundial de energia solar fotovoltaica, ficando entre os 20 países com maior capacidade instalada. Já de acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), em 2020, a potência instalada de energia solar no Brasil cresceu 64% e, desde 2012, gerou mais de 210 mil empregos.