Startup colombiana se destaca ao transformar resíduos de plásticos em materiais de construção

O material de construção fabricado pelo grupo é 40% mais leve do que os tradicionais e, por isso, há uma economia significativa na espessura da placa onde é feita a instalação

Foto: Divulgação

A startup colombiana Conceptos Plásticos está se destacando por transformar resíduos em tijolos, vigas e pilares. O material de construção fabricado pelo grupo é 40% mais leve do que os tradicionais e, por isso, há uma economia significativa na espessura da placa onde é feita a instalação, afirma o arquiteto Oscar Mendez, fundador da Conceptos.

Segundo Mendez, os tijolos se encaixam como ladrilhos de lego, reduzindo assim, o gasto de areia, cimento e água, que são responsáveis pela utilização de mais de 40% da energia que é produzida, 20% de fontes hídricas e 33% das emissões de CO2. Enquanto uma casa de 40 metros quadrados construída com materiais tradicionais pode levar de 3 a 4 meses para ficar pronta, com os tijolos de plástico, levaria cerca de 5 dias.

Segunda vida ao plástico

Ao invés de utilizar plástico novo, a Conceptos possibilita uma segunda vida ao já descartado, considerando que, em média, o material demora cerca de 300 anos até que seja degradado por completo. Para Mendez, trabalhar com plástico novo é simples porque existem parâmetros definidos, já o de reuso exige uma maior demanda de experimentação.

Vários tipos de plástico são triturados e é feita uma mescla com as porcentagens necessárias de cada um deles para as condições que de cada um dos produtos finais. Às vezes, é adicionado borracha, menciona Mendez. Tudo é derretido para preencher os moldes e, em seguida, é dado um choque térmico para esfriar o material, que depois é retirado dos moldes e está pronto para ser usado na construção.

O material-base com o qual trabalham é comprado em parte dos recicladores populares e outra das fábricas que descartam diariamente toneladas de plásticos. Segundo Mendez, cada projeto é quantificado, para saber quantos tijolos e quantas colunas ou elementos devem ser necessários para sua montagem. Por isso, é calculado a quantidade necessária de materiais que deve ser comprada para ser transformados e entregues.

Interesse do mercado

Os escritórios de arquitetura têm mostrado interesse em empresas como a Conceptos, com o objetivo de otimizar o tempo de obra e trazer menos impacto ambiental ao longo dos anos. O arquiteto Antonio Vissotto, do escritório Gera Brasil Arquitetura, afirma que, atualmente, há uma procura maior por casas sustentáveis.

Por outro lado, o arquiteto da Gera Brasil acredita que ainda existe pouco entendimento acerca do conceito. Segundo Vissoto, muitas vezes o que chega aos arquitetos é uma demanda superficial de sustentabilidade, que é uma redução de um conceito amplo à indicação de sistemas e técnicas oferecidas pela indústria.

Próximos passos

A startup procura impulsionar esse mercado tanto no âmbito social, quant no ambiental e econômico, incentivando, assim, políticas sustentáveis e melhorando a renda das associações de recicladores. Os resíduos coletados pela empresa são tratados com aditivos, sendo resistentes a fogo, produtos químicos e umidade, acrescenta Mendez.

Para o futuro, o fundador da startup disse ainda que escalar fora da Colômbia é um dos próximos passos, além de replicar o modelo, oferecer mais soluções e chegar a mais pessoas. Atrelado a isso, Mendez quer engajar os cidadãos em uma campanha educativa para que aprendam como reciclar e onde depositar seus resíduos.