Banco Central registra lucro recorde de R$ 469,6 bilhões em 2020

Alta do dólar impulsionou resultado positivo ao valorizar reservas internacionais

Foto: Reprodução

O Banco Central (BC) informou que registrou um lucro recorde de R$ 469,611 bilhões em 2020. No primeiro semestre, a entidade teve um lucro de R$ 503,22 bilhões, enquanto no segundo houve prejuízo de R$ 33,61 bilhões, segundo o Conselho Monetário Nacional.

Do lucro total, R$ 61,97 bilhões correspondem ao lucro operacional — ganhos com o exercício da atividade — e R$ 407,64 bilhões ao lucro com reservas internacionais e derivativos cambiais — como os swaps, que equivalem à venda de dólares no mercado futuro. O resultado com as demais operações, ainda nos seis primeiros meses de 2020, no valor de R$ 24,75 bilhões, foi transferido ao Tesouro Nacional em agosto.

Por outro lado, o prejuízo registrado no segundo semestre do ano passado, foi integralmente coberto mediante realização da reserva de resultados do BC, de acordo com a entidade. O BC esclareceu que, em agosto de 2020, o Conselho Monetário Nacional autorizou a transferência de parte desses recursos ao Tesouro Nacional, no valor de R$ 325 bilhões, a serem destinados ao pagamento da dívida pública.

Dólar

A moeda norte-americana, que subiu 29,3% em 2020, multiplica o valor em reais das reservas internacionais, que fecharam em US$ 355,6 bilhões, — estável ante 2019 (US$ 359,4 bilhões). Isso ampliou os ganhos da autoridade monetária, mesmo com a venda de cerca de US$ 25 bilhões das reservas externas pelo BC para segurar a alta do dólar.