Nasa usa foguete comercial para explorar lua de Júpiter

A informação foi dada por Bob Pappalardo, cientista da missão, durante uma reunião virtual do Grupo de Avaliação dos Planetas Internos da agência

Foto: Reprodução

A Nasa anunciou que a missão Europa Clipper — que vai explorar a Europa, uma lua congelada de Júpiter — será lançada em 10 de outubro de 2024 a bordo de um foguete privado. A informação foi dada por Bob Pappalardo, cientista da missão, durante uma reunião virtual do Grupo de Avaliação dos Planetas Internos da agência. 

O congresso dos Estados Unidos havia determinado que a missão seria lançada a bordo de um Space Launch System (SLS), que vem sendo desenvolvido para missões tripuladas à Lua e eventualmente Marte. Contudo, atrasos e estouros no orçamento atrasaram o desenvolvimento do foguete. Além disso, pelo menos os três primeiros deverão ser usados em missões de retorno à Lua, impedindo a disponibilidade para a Europa Clipper.

Definido em julho do ano passado, o orçamento da Nasa para 2021 determina o lançamento da Europa Clipper para até 2025. A agência espacial deve também preparar uma segunda missão à Europa com um veículo de pouso que buscará sinais de vida até 2027. Nos dois casos, o SLS deveria ser usado apenas se disponível. 

Novos planos

Foi um memorando do Escritório de Missões Planetárias da agência espacial, datado de 25 de janeiro deste ano, que resolveu o impasse. O documento determina que a equipe da missão prossiga com os planos para um CLV — veículo comercial de lançamento. Desta forma, a Nasa deve realizar uma competição para escolher qual CLV será utilizado.

A mudança no tipo de foguete deve alterar o cronograma da missão, já que o SLS chegaria à Europa em menos de três anos após o lançamento. No entanto, como os CLVs disponíveis não são tão poderosos assim, a espaçonave terá de fazer um caminho diferente até a lua congelada. A previsão de duração da viagem é cinco anos e meio.

Agora, a chegada da Europa Clipper à Europa é estimada pela Nasa para abril de 2030. Na Europa, o objetivo da espaçonave é sobrevoar a lua 50 vezes, analisando a espessura da camada de gelo em sua superfície. Além disso, também irá analisar as condições de habitação do imenso oceano de água salgada abaixo dela, entre outras tarefas.