Uber diz que poderá aceitar pagamentos em bitcoin no futuro se houver demanda

Dara Khosrowshahi, CEO da empresa, declarou que a medida vai ser implementada se existir uma necessidade dos usuários e for benéfico para os negócios

Foto: Reprodução

Em entrevista ao CNBC, Dara Khosrowshahi, CEO da Uber, disse que a empresa poderá aceitar pagamentos em bitcoin no futuro se existir uma necessidade dos usuários e for benéfico para os negócios. A declaração surgiu após o executivo ser questionado sobre a possibilidade da Uber comprar bitcoins com dinheiro corporativo.

Apesar da possibilidade de pagamento, a empresa não pensa em investir em bitcoin como parte de sua estratégia de tesouro. Contudo, Khosrowshahi garantiu que o assunto está sendo estudado e explicou que aderir a criptomoeda seria como aceitar qualquer outro tipo de moeda local, desde que fosse interessante para os clientes e para a Uber.

Empresas investem em criptomoedas

Na semana passada, a Tesla, empresa de veículos elétricos de Elon Musk, fez um aporte de US$ 1,5 bilhão em bitcoins, o que deu um novo arranque da principal moeda virtual do mundo com nova máxima histórica. Depois do anúncio, o mercado da criptomoeda esquentou e o seu valor ultrapassou os US$ 48.000 na quinta-feira (11).

Outras corporações seguiram o exemplo da Tesla e se abriram para a moeda virtual. Foi o caso da Mastercard, que na quarta-feira (10) anunciou que começará a oferecer suporte à criptomoedas em 2021. Já a Visa está testando uma interface de programação de aplicações para permitir que bancos ofereçam serviços com bitcoin e outros criptoativos.