Amazon apresenta projeto de nova sede nos EUA inspirada na natureza

Empreendimento será construído na cidade de Arlington, no norte de Virgínia

Foto: Divulgação

A Amazon apresentou o projeto do Amazon HQ2, sua nova sede futurística planejada para a cidade de Arlington, no norte da Virgínia, nos Estados Unidos. Inspirado na natureza, a peça central do novo empreendimento corporativo será um edifício no formato de uma dupla hélice, cercado por jardins com plantas nativas da região.

Idealizado pelo escritório de arquitetura NBBJ, o edíficio terá as janelas envidraçadas e a fachada contará com árvores e jardins. O HQ2 será composto por três torres de escritórios, um centro comunitário, espaços de varejo no térreo, uma área pública e o Helix — estrutura de vidro com trilhas para caminhada ao redor do edifício. 

A estrutura ainda é uma proposta, e a companhia precisará de aprovação local para que a construção do edifício comece. Cerca de 5 bilhões de doláres serão investidos na sede corporativa, que foi anunciada em setembro de 2017, mas só deve ficar pronta em 2025.

Segundo a empresa, os edifícios serão construídos no padrão de construção sustentável da certificação LEED Platinum e serão alimentados por energia solar. Além disso, o projeto pretende eliminar o acesso de veículos no nível do solo, sendo redirecionados para o subsolo, deixando um amplo local de circulação para pedestres no térreo.

John Schoettler, vice-presidente de imóveis e instalações globais da Amazon, disse que o objetivo é que o local seja receptivo para os funcionários e os moradores de Arlington. Segundo ele, a hélice oferecerá uma variedade de ambientes de trabalho alternativos em meio a jardins exuberantes e árvores florescentes nativas da região.

O projeto mostra também que o edíficio terá 2,5 hectares de espaço público que irá incluir uma pista de corrida para cães e um anfiteatro para shows, filmes ao ar livre ou feiras de produtores, além de espaço para food trucks. O executivo acredita que a sede deve ser integrada ao bairro, não fechada apenas para os colaboradores.

O prédio terá 100 metros de altura, segundo o The Wall Street. A Amazon ressalta que o edifício é orientado para aproveitar a luz natural e projetado para incentivar a colaboração e interação constante com a natureza. O HQ2, segundo a empresa, cuja primeira fase já está em construção, deve gerar cerca de 25 mil empregos para a área na próxima década.