Gasto de brasileiros no exterior em 2020 é o menor em 15 anos

Queda foi influenciada pela pandemia e pela disparada do dólar

Foto: Reprodução

Segundo informou o Banco Central, os gastos de brasileiros no exterior despencaram em 2020. As restrições a viagens internacionais implementadas pelos países para frear a pandemia de Covid-19 e a disparada do dólar foram as principais razões.

As despesas de brasileiros em outros países somaram US$ 5,394 bilhões — menor valor desde 2005, quando somaram US$ 4,719 bilhões. Em comparação com 2019, quando as despesas em outros países totalizaram US$ 17,593 bilhões, a queda foi de 69,3%. 

A pandemia provocou uma crise econômica e espalhou recessão pela economia mundial e tensão nos mercados financeiros. Houve o fechamento de fronteiras para diminuir o contágio e, outro fator que contribuiu para a queda no consumo foi a alta do dólar de quase 30%, encarecendo as viagens de brasileiros ao exterior. 

De acordo com dados do BC, também houve queda nos gastos de estrangeiros no Brasil em 2020. As despesas de viajantes de outros países somaram US$ 3,044 bilhões, recuo de 49,2% frente ao patamar de US$ 5,995 bilhões registrado em 2019.

Foi o menor gasto de estrangeiros no Brasil, para um ano fechado, desde 2003, quando os gastos foram de US$ 2,478 bilhões. Para estimular o turismo no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro assinou no começo do ano passado um decreto para dispensar o visto de visita para turistas dos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão.