Baidu se juntará à corrida por veículos elétricos

Grupo chinês de tecnologia é o mais recente desafiante da Tesla

Foto: Reprodução

Conhecido por seu mecanismo de busca na internet, o grupo de tecnologia chinês Baidu resolveu dar a partida na produção de veículos elétricos. A empresa atuará em parceria com o Zheijiang Geely Holding Group, o maior grupo automotivo privado da China. 

A mudança coloca o Baidu como o mais recente desafiante chinês da Tesla em um momento em que Elon Musk se tornou a pessoa mais rica do mundo. O Baidu, no entanto, traz vantagens para a corrida, já que a empresa tem sido líder no desenvolvimento de tecnologias de direção autônoma na China e opera a maior frota autônoma do país, incluindo robotáxis em Pequim e outras cidades. 

Até agora, a companhia tem concentrado esforços em fornecer tecnologias para outras empresas automotivas, uma abordagem semelhante à do Waymo, da Alphabet.

Segundo o Valor Econômico, a plataforma de software de código aberto do Baidu, Apollo, atraiu parceiros como Toyota Motor, Honda Motor, Volkswagen e Ford Motor, bem como as empresas americanas Intel e Nvidia

Em comunicado, Robin Li, cofundador e executivo-chefe do Baidu, afirmou que acredita que, combinando a experiência do Baidu em transporte inteligente, veículos conectados e direção autônoma com a experiência do Geely como fabricante líder de automóveis e veículos elétricos, a nova parceria abrirá o caminho para futuros veículos de passageiros.