Oportunidade no Canadá: Québec abre 217 vagas de emprego para brasileiros

Objetivo é recrutar profissionais nas áreas de TI, games, saúde e manufatura

Cidade de Quebec (Foto: Reprodução)

A Québec International, agência de desenvolvimento econômico da cidade de Quebec, no Canadá, inicia a procura de profissionais brasileiros para oportunidades de trabalho qualificado na região. A iniciativa, que tem apoio do Ministério da Imigração local e a participação de 11 empresas, tem o objetivo de preencher vagas de emprego nas áreas de TI, games, saúde e manufatura. As inscrições seguem até domingo (17).

A participação no processo de seleção é gratuita, os interessados devem acessar o site www.quebecnacabeca.com e preencher um perfil em francês com suas qualificações e se habilitar para sua vaga de interesse. Há oportunidades para programadores, inspetor de qualidade, enfermeira, engenheiro de software, entre outros. Além da formação e experiência, o bom nível no idioma é um dos requisitos para conseguir o cargo. 

É possível se candidatar para uma ou mais vagas, porém, só é permitido se inscrever uma vez por empresa. A agência disponibilizou um tutorial com o passo a passo da candidatura. Caso tenha o perfil aprovado, o candidato receberá uma convocação por e-mail entre 1° e 3 de fevereiro. As entrevistas serão realizadas de 8 a 19 do próximo mês, por videochamada, diretamente com os representantes das empresas.

Não é preciso apresentar documentos de imigração para participar do processo. Os aprovados terão acesso a oportunidades de emprego em condições iguais as dos canadenses. As empresas participantes são: Bain Magique, Beenox, Investissement Québec, Les Ressources Intermédiaires Salutem, LGS, Mégatech, Recrutement Santé Québec, Résidence Côté inc, Trisotech, Unicorn Powered e Victrix.

Sobre Quebec

Com população estimada em 8 milhões, a província do Quebec, cuja maior cidade é Montreal, fica no leste canadense e tem atualmente uma das maiores taxas de emprego do Canadá — 91,2% em 2019 para pessoas de 24 a 54 anos —, além de uma economia em expansão há mais de duas décadas. A província tem uma das menores taxas de desemprego do país, desde 2000, foram criados cerca de 66.100 empregos.

Assim como outros locais do Canadá, ela também sofre com escassez de mão de obra. Nos últimos anos, mais de 500 brasileiros foram recrutados para trabalhar na cidade. Segundo recentes prognósticos da Emploi-Québec (Agência de Empregos do Governo do Québec), cerca de 70 mil cargos ficarão vagos nos próximos cinco anos na região.