Mercado de plantas ornamentais e flores cresce 10% em 2020

Com mais tempo em casa devido à pandemia de Covid-19, busca por floricultura como hobby aumentou

Foto: Reprodução

O mercado de plantas ornamentais e flores subiu 10% em 2020 em meio à pandemia de Covid-19, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor). Com mais tempo em caso, o hobby acabou como um dos mais procurado no ano passado.

Para 2021, com as pessoas ainda em casa, a expectativa também é de crescimento. Apesar da alta no segmento como um todo, a venda de flores destinadas a eventos caiu 40% em 2020 devido as medidas preventivas, algo que acabou compensado pela compra de plantas ornamentais e flores de vasos, que podem ser cultivadas em casa.

Para a Cooperativa Veiling Holambra (CVH), a mais importante do país, apesar de todos os contratempos vividos neste ano e da baixa sofrida pelos produtos de corte, devido ao cancelamento e à proibição dos eventos, a expectativa é de fechar o ano com crescimento entre 8% e 10% no faturamento geral, em relação a 2019. 

O presidente do Ibraflor, Kees Schoenmaker, informa que o crescimento do setor no Brasil está fortemente concentrado nos vasos com flores e plantas ornamentais. A partir de maio que esse setor começou a fase de recuperação, com o Dia das Mães, e a situação mudou. As demissões no setor, que chegaram, no máximo, a 10%, foram revertidas.

Os produtores tiveram importante papel para esses resultados. Mesmo sem os grandes eventos do setor, como o Enflor e a Expoflora, eles adequaram suas produções às novas demandas, de forma a recuperar os grandes prejuízos do início do ano. 

Oportunidade de negócio

O empreendedor Ítalo Vidal precisou fechar a sua loja física de plantas que tinha há seis anos por causa das restrições no comércio na pandemia. Então, ele acabou intensificando as vendas on-line, e os negócios decolaram. Segundo ele, foi um ano de muito aprendizado, com um aumento de 500% nas vendas.

Terapia em casa

O militar Roberto Mafra conta que encontrou nas plantas um remédio para depressão e ansiedade que sentiu no início da pandemia. Depois de começar com o cultivo de cinco plantas, ele conta, atualmente, com mais de 45, de várias espécies. Mafra revela que prefere as frutíferas, para poder vê-las crescendo e depois saborear os frutos.