Febraban abre inscrições para a aceleração de startups de educação financeira

No final, cinco empresas serão escolhidas para receber mentorias e acompanhamento

Foto: Reprodução

A Federação Nacional dos Bancos (Febraban) abriu nesta terça-feira (15) inscrições para seu programa de aceleração de projetos de educação financeira. Chamado de “Meu Bolso em Dia”, o projeto prevê investimentos de R$ 1 milhão em mentorias, workshops e aportes financeiros em startups que desenvolvam ações na área.

A iniciativa visa o desenvolvimento de soluções inovadoras, abrangentes, inclusivas e gratuitas, ou sem custo adicional para o usuário final. Podem participar pequenas e médias empresas, organizações não governamentais (ONGs) ou organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), constituídas e com sede no Brasil.

Feito com apoio do Banco Central (BC) e da aceleradora Voe sem Asas, o programa vai selecionar 20 projetos em sua primeira fase, que durará 8 meses. Em nota, as entidades afirmaram que o programa tem como objetivo impulsionar empresas com projetos de educação financeira com alto potencial de ganho de escala.

Isaac Sidney, presidente da Febraban, explicou que o uso adequado das finanças e do setor bancário é uma ferramenta poderosa na promoção do bem estar e na realização de sonhos e projetos. Em sua segunda fase, o processo seletivo terá duração de cinco semanas, quando as empresas terão que elaborar o plano de negócio dos projetos.

Ao final, cinco projetos serão escolhidos pela banca avaliadora. Os projetos finalistas estarão aptos a receber os aportes financeiros e demais auxílios mencionados no plano de negócios e terão acesso a sessões de mentoria e acompanhamento da Voe sem Asas por um ano. As inscrições podem ser feitas até o dia 9 de fevereiro de 2021 pelo clicando aqui.