Conheça a brasileira que está na lista das 100 mulheres mais poderosas do mundo

Executiva da Petrobras aparece na 77ª posição da lista publicada anualmente pela Forbes

Andrea Marques de Almeida, diretora executiva financeira e de relacionamento com investidores da Petrobras (Foto: Reprodução)

Andrea Marques de Almeida, diretora executiva financeira e de relacionamento com investidores da Petrobras, é a única brasileira na lista de 100 mulheres mais poderosas do mundo. A executiva aparece na 77ª posição da lista publicada anualmente pela Forbes.

A engenheira de produção assumiu o cargo da estatal em março de 2019, depois de mais de 25 anos na Vale, com a missão de organizar as finanças da Petrobras e propor a criação de uma nova política de distribuição de dividendos, que estaria atrelada ao nível de endividamento da companhia e seu fluxo de caixa.

Marques de Almeida ocupou entre 2015 e 2018 o cargo de diretora Financeira da Vale Canada em Toronto e Gerente Executiva de Tesouraria Global da Vale. A executiva tem MBA em Finanças pelo IBMEC-RJ e MBA em gestão pela USP, além de cursos de gestão na Wharton School of Finance e na Sloan School of Management (MIT).

Segundo a revista, a executiva anunciou, no ano passado, o programa de venda de ativos da Petrobras, que prevê arrecadar em torno de US$ 20 bilhões para a companhia. Questionada sobre sua ida para a Petrobras, Andrea disse imaginar que encerraria a carreira na Vale, quando veio o convite para assumir como CFO da Petrobras. 

Ranking

Nas primeiras posições da lista da Forbes estão mulheres conhecidas como a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, e a primeira mulher vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris.

Confira as dez primeiras colocadas:

1. Angela Merkel, chanceler da Alemanha;

2. Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu;

3. Kamala Harris, vice-presidente eleita dos Estados Unidos;

4. Ursula von der Leyen, alemã, presidente da Comissão Europeia;

5. Melinda Gates, americana, copresidente da Fundação Bill e Melinda Gates;

6. Mary Barra, americana, diretora executiva da General Motors;

7. Nancy Pelosi, americana, presidente da Câmara dos Deputados dos EUA;

8. Ana Patricia Botín, espanhola, presidente do Conselho de Administração do Santander;

9. Abigail Johnson, americana, diretora executiva da Fidelity Investments;

10. Gail Boudreaux, americana, diretora executiva da empresa de seguros Anthem.