Nova ferramenta do Uber permite que motoristas mulheres atendam apenas passageiras

Aplicativo lança U-elas, ferramenta para garantir a segurança do público feminino

Nesta quinta-feira (26), a Uber divulgou o lançamento da função U-Elas. A ferramenta permite que motoristas mulheres escolham receber chamadas apenas de passageiras. A funcionalidade, que faz parte do programa Elas na Direção, estará disponível para todas as motoristas do país até o dia 8 de dezembro. 

A função estava em fase de testes desde novembro do ano passado nas cidades de Campinas, Fortaleza e Curitiba. Contudo, a expansão dos experimentos para outras cidades teve que ser interrompida por causa da pandemia de coronavírus. 

Claudia Woods, diretora da Uber no Brasil, afirmou que a partir da disponibilidade do U-elas, a companhia pode vir a oferecer a opção de passageiras escolherem apenas motoristas mulheres futuramente. Ela declarou que esse é um primeiro passo para que, no futuro, haja um número suficiente de mulheres dirigindo para oferecer essa opção. 

A funcionalidade U-Elas faz parte do programa Elas na Direção, criado em parceria com Rede Mulher Empreendedora no final de 2019. O programa apresenta uma série de iniciativas que visam a autonomia feminina com cursos educativos online abordando o empoderamento pessoal e econômico. Com o novo projeto, pretende aumentar o time de motoristas mulheres parceiras da Uber no Brasil. 

Já assistem aplicativos que permitem que passageiras escolham apenas motoristas mulheres. No Brasil, há o FeminiDriver, FemiTaxi, Lady Driver, Venuxx, Drive Girls e Garupa. Porém, as plataformas não estão disponíveis em todo o território nacional como a Uber.