Elon Musk ultrapassa Bill Gates e se torna o segundo mais rico do mundo

Fundador da Tesla subiu duas posições no ranking da Bloomberg em apenas três meses, e fortuna chega a aproximadamente US$ 128 bilhões

Elon Musk, fundador da Tesla (Foto: Reprodução)

Com a alta do preço das ações da Tesla na última segunda-feira (23), Elon Musk ultrapassou Bill Gates, fundador da Microsoft, e se tornou o segundo homem mais rico do mundo, com patrimônio líquido de US$ 127,9 bilhões, segundo o ranking de bilionários da Bloomberg. À frente de Musk, agora, está apenas Jeff Bezos, da Amazon.

Em agosto deste ano, o empresário ocupava o quarto lugar na lista dos mais ricos. No entanto, com a alta nas ações da Tesla, a fortuna do empresário, que é 75% composta por ações da fabricante de automóveis, subiu rapidamente: na última semana, chegou ao terceiro lugar, ultrapassando Mark Zuckerberg, fundador do Facebook.

Ontem, as ações da Tesla valorizaram mais de US$ 23 bilhões, ou pouco mais de 6,5%. Com isso, o patrimônio líquido do empresário aumentou US$ 7,2 bilhões em um único dia. No início de 2020, a riqueza de Musk era calculada em pouco menos de US$ 28 bilhões. Durante o ano, ele acrescentou mais de US$ 100 bilhões ao seu patrimônio líquido. 

Em 21 de janeiro, as ações da Tesla passarão a fazer parte do S&P 500, um dos principais índices acionários do mundo. Com a notícia, os papéis da fabricante disparavam mais de 12% no after market da bolsa de Nova York no dia 16 de novembro. A empresa também informou que entregou 139.300 veículos entre julho e setembro, um novo recorde.

Confira a lista dos mais ricos:

  1. Jeff Bezos: US$ 182 bilhões – Amazon (Tecnologia/Varejo)
  2. Elon Musk: US$ 127,9 bilhões – Tesla (Automotivo)
  3. Bill Gates: US$ 127,7 bilhões – Microsoft (Tecnologia)
  4. Bernard Arnault: US$ 105 bilhões – LVMH (Consumo)
  5. Mark Zuckerberg: US$ 102 bilhões – Facebook (Tecnologia)
  6. Warren Buffett: US$ 86,8 bilhões – Berkshire Hathaway (Vários setores)
  7. Larry Page: US$ 81,3 bilhões – Google (Tecnologia)
  8. Sergey Brin: US$ 78,7 bilhões – Google (Tecnologia)
  9. Steve Ballmer: US$ 76,1 bilhões – Microsoft (Tecnologia)
  10. Mukesh Ambani: US$ 74 bilhões – Reliance Industries (Energia)