Pokémon Go atinge marca de US$ 1 bilhão em receita na pandemia

É a primeira vez que o jogo consegue arrecadar esse montante desde que foi lançado

Foto: Reprodução

O Pokémon Go, game mobile de realidade aumentada (RA) desenvolvido pela Niantic, conseguiu atingir a marca de US$ 1 bilhão em receita somente nos dez primeiros meses de 2020. Esta é a primeira vez que o jogo consegue arrecadar esse montante desde que foi lançado, em 2016. Assim, o game ultrapassou a receita de US$ 4 bilhões.

O relatório da empresa de consultoria Sensor Tower aponta que, no ano da estreia, a Niantic faturou US$ 832 milhões, enquanto em 2017 houve uma queda de 29%, com US$ 589 milhões. Em 2018, houve uma boa recuperação, com alta de 41%. A tendência de crescimento se confirmou desde então, com um aumento de 11% em relação a 2019.

Parte disso se deve às mudanças na rotina dos usuários durante o período de isolamento social para evitar o contágio da Covid-19, o que também foi um desafio para os desenvolvedores. O game exigia uma dinâmica que misturava RA com caminhada, significando que o jogador tinha que fazer algo que se tornou inviável: sair de casa.

Mudanças no jogo

Desta forma, a companhia teve que pensar rápido e implementar mudanças dentro do game, de modo que ele pudesse ser jogado mesmo dentro de casa. Então, para manter seus usuários interessados, surgiram eventos, festivais, passes de ginásio que permitiam batalhas à distância e muitos outros atrativos para manter o game ativo.

Algumas das alterações visavam a venda de itens da loja, como os passes de reide a distância e os combos de itens. A companhia se destaca não apenas por superar números de anos anteriores, mas também porque a expectativa do mercado de entretenimento, em geral, sofre grandes perdas em razão da pandemia de Covid-19.

Países com mais instalações

O Pokémon GO obteve uma marca de quase 600 milhões de downloads em dispositivos mobile, até o momento. Os Estados Unidos lideram o ranking de países com mais instalações, com 109 milhões. Em seguida, os brasileiros acumulam 65,2 milhões de downloads, quase o dobro do terceiro lugar, o México, com 37,3 milhões.