6° Meetup toca em temas sensíveis como machismo e “sexo frágil”

Trio de renomadas profissionais brasileiras explorou o universo feminino em seus vários âmbitos

6º edição do Meetup São Luís do Futuro

THAYSSA ABREU 

A 6° edição do Meetup São Luís do Futuro, que aconteceu na última terça-feira (27), teve todos os lotes de ingressos esgotados. Esta edição contou com a participação de convidadas renomadas que compartilharam suas experiências de vida relativas ao tema ‘O poder feminino para resolver problemas: a importância do papel da mulher e da perspectiva holística nas empresas e nos ambientes digitais’. O evento é referência na área de negócios, inovação, tecnologia e empreendedorismo no Maranhão e na região Norte-Nordeste.  

Renomes nacionais 

O evento foi aberto por Gabriela Heckler, gerente Jurídica Porto do Itaqui e Membro do ExCo da Wista Brazil explorou a temática ‘Porto é lugar de mulher? Desafios da participação feminina num setor tradicionalmente masculino’. Para ela, “não existe a divisão de cargos para homens contra cargos para mulheres”. “A mulher pode buscar a profissão que deseja e, para isso, ela precisa se capacitar”, concluiu.  

Com o tema ‘Os diferenciais da visão feminina: a prática da sensibilidade usada por todos os gêneros nas instituições’Ana Karin Andrade, Presidente do Instituto Mulheres Solidárias foi a segunda palestrante. “Estudos feitos no ambiente corporativo têm mostrado que o perfil das mulheres que estão em cargo de liderança é de pessoas moderadas, equilibradas, pacientes e sensíveis para tomar decisões”, analisou Ana. 

E, encerrando a noite, Christina Carvalho Pinto, Partner & Brand Strategist da Hollun, abordou o tema ‘Feminino: Substantivo Plural, Sinergias transformando o jeito de trabalhar. “A mulher não é e nunca foi o sexo frágil”, disse. “Há muitos tipos de forças e essa denominação está relacionada a uma época muito distante em que a força bruta do homem era característica da luta contra o meio ambiente”.                               

O coordenador e mediador do meetup, Tagil Oliveira Ramos, declarou: “Precisamos deixar a visão patriarcal tacanha adotada no passado, pois estamos construindo um novo paradigma em que a visão masculina e a feminina se unem para construir uma sociedade melhor e mais justa”.

Tagil Oliveira Ramos, coordenador do evento:  

“Precisamos deixar a visão patriarcal tacanha adotada no passado, pois estamos construindo um novo paradigma em que a visão masculina e a feminina se unem para construir uma sociedade melhor e mais justa”.

Doação para o Instituto Antônio Bruno 

A novidade desta edição foi a contribuição por meio de doações, destinadas ao Instituto Antônio Bruno, uma rede apoio a pacientes em tratamento de câncer na região. O Movimento São Luís do Futuro, como parte da sociedade maranhense, abraçou a causa que foi iniciada em 2011, logo após Antônio Bruno falecer acometido de um câncer no mediastino (membrana que envolve o pulmão). O instituto se mantém sob cuidados dos pais de Bruno, Antônio e Fátima. Outra causa abraçada pelo Meetup é o Outubro Rosa, o Movimento entrou na campanha de conscientização e prevenção ao câncer de mama. 

PARTICIPE DO PRÓXIMO WEBINÁRIO  7° Meetup São Luís do Futuro  24 de novembro 2020, às 19h30 (terça-feira)  “MEIO AMBIENTE EM PERIGO: os desafios para os próximos anos”   Para se inscrever, aponte o celular para o código abaixo ou tecle   http://bit.ly/7MEETUPnov2020 qrcode  7 meetup