Dono do Grupo Mateus é o 9º maior bilionário brasileiro, segundo a Forbes

Em 2019, a companhia reportou faturamento de R$ 9,9 bilhões e lucro líquido de R$ 388 milhões

Foto: Reprodução

Em sua última edição, a Forbes Brasil traz a lista exclusiva dos maiores bilionários do país. O empresário maranhense Ilson Mateus, dono da rede de supermercados Grupo Mateus, estreou no ranking entre os dez mais ricos do país, na nona colocação, com fortuna avaliada em R$ 20 bilhões.

Na lista, o empresário aparece à frente de seu parceiro e amigo da rede de lojas de departamento do Sul do país Havan, Luciano Hang, que estreou no ranking em 2019 e, neste ano, sua fortuna foi cotada em R$ 18,72 bilhões. O primeiro colocado na lista é o banqueiro Joseph Safra, libanês naturalizado brasileiro, com uma fortuna de R$ 119,08 bilhões.

Segundo a Forbes, Mateus começou o seu império em Balsas, ao avaliar que a cidade estava passando por um processo de transformação econômica, tornando-se atrativa para novos negócios. Foi então que, no começo da década de 1980, ele inaugurou uma mercearia cujo carro-chefe era a cachaça. Logo o comércio cresceu e foi promovido a supermercado.

Considerada uma das maiores empresas de varejo alimentar do Brasil, atualmente o negócio está presente em 54 cidades do Nordeste, com 137 lojas físicas, com grandes pontos de hipermercados, atacarejo, lojas de eletrônicos e centros de distribuição. Em 2019, a companhia reportou faturamento de R$ 9,9 bilhões e lucro líquido de R$ 388 milhões.

A Forbes afirmou que, em outubro de 2020, o Grupo Mateus fará sua oferta pública de ações na B3, com a expectativa de captar 4,1 bilhões. A lista totaliza 238 nomes de diferentes áreas do mercado. O somatório das fortunas de todos os ranqueados é de R$ 1,3 bilhão, o que representa quase 18% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2019.

Abaixo, veja os 10 primeiros nomes da lista:

  1. Joseph Safra: R$ 119,08 bilhões
  2. Jorge Paulo Lemann: R$ 91 bilhões
  3. Eduardo Saverin: R$ 68,12 bilhões
  4. Marcel Herrmann Telles: R$ 54,08 bilhões
  5. Carlos Alberto Sicupira e família: R$ 42,64 bilhões
  6. Alexandre Behring: R$ 34,32 bilhões
  7. André Esteves: R$ 24,96 bilhões
  8. Luiza Trajano: R$ 24 bilhões
  9. Ilson Mateus: R$ 20 bilhões
  10. Luciano Hang (Havan): R$ 18,72 bilhões