Natura lança tecnologia para experimentar fragrâncias

A novidade deve reduzir a necessidade de testadores e outras formas de amostragem nos pontos de venda

Foto: Reprodução

A Natura é a primeira empresa de cosméticos a apostar nos dispositivos de “cheiro digital”. A inovação tecnológica permite a experimentação de inúmeras fragrâncias de uma forma única. Em parceria com a startup Noar, a ferramenta consiste em um dispositivo e um aplicativo que podem ser usados por smartphones.

A novidade deve reduzir a necessidade de testadores e outras formas de amostragem nos pontos de venda. O primeiro produto que será lançado no mercado será o MultiScent 20, um demonstrador digital de fragrâncias controlado por um aplicativo. À princípio, o recurso será incluído nos canais de venda, as consultoras de beleza e o varejo terão acesso até o final do ano.

Cláudia Galvão, CEO da Noar, explica que o MultiScent 20 libera uma fragrância de “cheiro seco” que permite experimentar produtos em sequência sem confundir o cérebro. Segundo ela, isso é possível porque a tecnologia não deixa resíduos no ar ou nos usuários. O acesso ao catálogo é feito através do escaneamento do QR-Code que fica localizado no MultiScent 20.

Além disso, o produto também poderá coletar dados de navegação, experimentação e compra para analisar taxas de conversão das fragrâncias, preferências, comportamentos e outros. Considerada um scent tech, a Noar recebeu investimentos da empresa de embalagens de vidro Wheaton para criar o MultiScent 20, além da parceria com a Natura.