Pandemia muda forma de brasileiro ver o mercado de trabalho

Em pesquisa global, cerca de 76% dos brasileiros que participaram afirmaram que repensaram suas trajetórias profissionais

A pandemia está afetando fortemente o mercado de trabalho e também, a percepção das pessoas a respeito de suas carreiras e habilidades. Segundo a pesquisa Global Learner Survey, realizada pela Pearson – e obtida pelo Valor -, 76% dos brasileiros repensaram suas trajetórias profissionais durante a crise do coronavírus e cerca de 60% têm medo de mudar de carreira por conta da pandemia. 

Segundo a pesquisa, mais de 85% dos brasileiros aprenderam que o trabalho em home office demanda um conjunto diferente de habilidades daquela executadas no escritório. 

A pesquisa ouviu 7.038 pessoas com idades entre 16 e 70 anos em 7 países: Austrália, Brasil, Canadá, China, EUA, Índia e Reino Unido. Mil e quatro brasileiros participaram da pesquisa e 91% deles responderam que precisam desenvolver mais habilidades comportamentais – como, por exemplo, pensamento crítico, resolução de problemas e criatividade.

Também 91% disseram que precisam desenvolver habilidades digitais como colaboração virtual, análise de dados e gestão remota de equipes. 

Este ano, 67% dos brasileiros entrevistados consideram ultrapassada a ideia de trabalhar a vida inteira em uma empresa. Esse número cresceu em relação à pesquisa de 2019. Além disso, 81% dos brasileiros acreditam que a covid-19 mudou, de forma permanente, a forma das pessoas trabalharem.