Japão deve ter carros voadores até 2023

A startup japonesa SkyDrive Inc. pretende lançar o SD-XX que deve voar algumas dezenas de quilômetros

Foto: reprodução

Enquanto 2020 não traz lá suas novidades positivas, 2023 pode chegar com uma realidade que parecia um pouco distante, mas tem se tornado cada dia mais próxima, A startup japonesa SkyDrive Inc. pretende lançar o primeiro carro voador do mundo.

Passando por modificações desde 2019, o veículo pode ser ocupado por dois passageiros e deve ocupar um espaço maior que carros normais, em média, ocupará duas vezes o espaço de um veículo convencional. No mesmo ano o primeiro protótipo testado no país pela mesma empresa, decolou e sobrevoou o céu de Tóquio, fazendo da data uma memorável lembrança.

100 km/h de distância

Sua velocidade não ultrapassa 100 km/h. Batizado como SDXX, foi produzido para voar apenas algumas dezenas de quilômetros. O veículo é capaz de ter autonomia quase 100%, mas em casos de manobras emergenciais requer a presença de um motorista.

Rajeev Lalwani, analista de tráfego aéreo explica que esse tipo de veículo pode ser futuramente “uma alternativa econômica e eficiente para viagens de curta e média distância, eventualmente tirando mercado das empresas de automóveis e companhias aéreas.

Carros voadores populares em 2050

Para o CEO da startup, Tomohiro Fukuzawa, os carros da SkyDrive serão capazes de percorrer qualquer distância dentro de Tóquio em, no máximo, 10 minutos e, se tudo ocorrer como esperado, eles já devem ser populares em 2050.

A fim de contribuir positivamente com um trânsito menos “pesado”, evitando engarrafamentos e outros, o país também investe, por meio de ajuda financeira, na produção do veículo. O inicio de sua fabricação deve ser voltada apenas ao mesmo modelo de helicoptéros, no futuro a empresa cogita ampliar a frota para atuar como táxi aéreo em Tóquio ou Osaka, apenas voando sobre o mar.

Fukuzawa afirma que estão considerando iniciar o serviço na área da Baía de Osaka, com viagens de ida e volta entre locais como a Universal Studios, o aquário municipal e os resorts integrados. O passei levará de três a cinco minutos, em comparação com os minutos de transporte terrestre, e será mais divertido.