Zuckerberg entra para o seleto clube de centibilionários

Fundador do Facebook agora é o terceiro homem mais rico do mundo, superado apenas por Bill Gates e Jeff Bezos

Foto: Reprodução

Mark Zuckerberg é o mais novo integrante do seleto clube de centibilionários, junto com Bill Gates e Jeff Bezos, únicas pessoas no mundo atualmente com o patrimônio nesse patamar. A fortuna do fundador e CEO do Facebook alcançou pela primeira vez o valor de US$ 100 bilhões, segundo a agência Bloomberg.

O segundo lugar na lista dos mais ricos pertence a Bill Gates, co-fundador da Microsoft, com US$ 120 bilhões. Jeff Bezos, fundador da Amazon, é o homem mais rico do mundo, com uma fortuna avaliada em US$ 190 bilhões. Sendo assim, o empresário de 36 anos agora é o terceiro homem mais rico do mundo, com

A fortuna de Zuckerberg procede em grande parte de sua participação de 13% no Facebook. Entre março e maio, mesmo com a pandemia, o patrimônio do empresário havia crescido 45%, chegando, na época, a US$ 80 bilhões. A análise foi baseada em dados da lista de bilionários divulgada pela revista Forbes.

Os gigantes da tecnologia têm estado sob os holofotes recentemente, à medida que o tamanho e o poder de suas empresas e de suas fortunas pessoais continuam a crescer pelo maior número de pessoas online em meio à pandemia de coronavírus. Zuckerberg recebeu o acréscimo de cerca de 22 bilhões de dólares este ano em seu patrimônio.

A alta nas ações do Facebook no mercado externo foi influenciada pelo lançamento da função “Reels”, que está concorrendo com o TikTok, usando a mesma funcionalidade de vídeos do aplicativo chinês. É provável que as ações continuem a subir, uma vez que Donald Trump assinou uma ordem executiva proibindo transações do concorrente nos Estados Unidos.