Soluções para se reinventar no “novo normal” pautaram o 5.° Meetup São Luís do Futuro

O evento, realizado pela primeira vez virtualmente, trouxe palestrantes especialistas de outros estados

5º edição do Meetup São Luís do Futuro (foto: reprodução)

THAYSSA ABREU

Na terça-feira (28), aconteceu a partir das 20h a quinta edição do Meetup São Luís do Futuro. O evento online desenvolveu o tema “Prepare-se para um novo mundo: Soluções profissionais e de Negócio para a retomada da economia“.

O objetivo principal era levar aos  participantes comportamentos e atitudes que possam fazer a diferença na convergência para um novo modelo de vida. O chamado “novo normal” exige da sociedade uma nova postura diante de uma pandemia mundial. 

Os palestrantes compartilharam suas experiências de negócios e de vida, pontuando soluções para resolver a situação desafiadora que se coloca para o Maranhão, o Brasil e o mundo.

TECNOLOGIA PORTUÁRIA

Ted Lago

Ted Lago, presidente da EMAP, abriu o evento. Apresentou o modelo de enfrentamento implementado pelo Porto do Itaqui, cuja visão é ser referência em gestão portuária no Brasil  até 2022.

Citou desempenhos e avanços conquistados em meio à crise sanitária. “Nossa primeira reunião sobre a pandemia foi no dia 30 de janeiro deste ano, bem antes de eclodir a pandemia no Brasil”, explicou Lago.

Segundo ele,  as atitudes da empresa garantiram, de maneira rápida, a aplicação de das recomendações da Organização Mundial da Saúde. Mas, por representar uma atividade logística essencial, elas precisaram ser feitas de uma maneira que a empresa não parasse.

MÚLTIPLAS COMPETÊNCIAS

Neidy Christo

A  professora da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Neidy Christo reforçou em sua palestra a necessidade de um profissional renovado, habilitado, criativo e apto às mudanças.

A consultora organizacional e de carreira deu diversas dicas de como não apenas sobreviver no mercado de trabalho, mas alcançando a excelência profissional.

Para ela, o mercado busca atualmente profissionais com múltiplas competências. Ela destacou alguma qualidades que estão sendo buscadas pelas empresas, como pensamento crítico, interesse por novas tecnologias, metodologias e criatividade.

“Para sermos profissionais diferentes é muito importante que, diante desse cenário em que vivemos, busquemos entender o que vem acontecendo no mundo e no nosso mercado regional, estadual e nacional”, ressaltou Neidy.

Acrescentou que é preciso que o profissional entenda as competência que ainda lhe faltam e que são demandadas pelo mercado. Neidy deu dicas no sentindo de construir bons relacionamentos, desenvolver a inteligência emocional e aperfeiçoar a comunicação verbal e não-verbal.

CRISE GERA OPORTUNIDADE

Max Siqueira

Max Siqueira, especialista em Desenvolvimento Humano, desenvolveu o tema “Construa uma mente para adaptar”.  Apresentou ao público algumas ferramentas de resiliência disponíveis no processo de integração ao novo modelo de trabalhar e se relacionar.

Max deu ênfase na importância do autoconhecimento. Para ele, entender os próprios valores e propósitos ajudam a definir metas claras e alinhadas.

“O momento pede adaptação”, disse Siqueira. “O profissional não deve se conformar, mas  a situação que vivemos pede adaptação”. Para ele, é necessário entender em que aspectos da vida que precisam ser mudados.

“Milhões de pessoas foram impactas física e emocionalmente pelo Covid-19”, analisou. “Não temos certeza do que virá em seguida, mas precisamos saber que toda crise gera oportunidade”, concluiu.