Simulador matemático é aplicado no combate ao coronavírus

Ferramenta foi criada pela empresa Paragon Decision Science

Luiz Augusto Franzese, CEO da Paragon

A empresa Paragon Decision Science desenvolveu e doou para órgãos governamentais, como o Ministério de Infraestrutura (Minfra) e a Prefeitura de São Paulo, simuladores que trabalham com cálculos matemáticos para ações relacionadas ao combate contra os efeitos da pandemia do novo coronavírus. 

De acordo com reportagem do Valor Econômico, o programa permitiu uma logística para o transporte de equipamentos de proteção individual, a construção de um hospital de campanha em Goiás e a eliminação de gargalos na operação dos cemitérios na cidade de São Paulo. Além disso, dimensionou a quantidade de leitos de UTI no Estado. 

Em 2012, a mesma tecnologia foi aplicada no Aeroporto de Guarulhos para reduzir pela metade o tempo de conclusão das obras do novo pátio de aviões. Também foi aplicada para reduzir filas nas agências do banco Itaú, além de dar mais eficiência à cadeia de suprimentos da Tivit, prestadora de serviços de TI. 

A Paragon Decision Science foi criada em 1992 pelo engenheiro Luiz Augusto Franzese, que é atual CEO, e conta, atualmente, com 25 funcionários. Entre seus clientes, estão Ford, Fiat, Ipê, Braskem e Colgate-Palmolive

Ainda segundo reportagem do Valor, “foi por meio do contato com oficiais do Exército que coordenavam o projeto do Aeroporto de Guarulhos, para a Copa de 2014, que o executivo foi convidado a colaborar com as ações do Minfra no combate ao novo coronavírus e, posteriormente, a atuar com o comitê de crise do governo paulista”.

Segundo Franzese, em entrevista ao Valor, a Paragon usou a sua experiência em processos para criar uma ferramenta que pudesse ser rodada na web, uma espécie de videogame logístico, para ser usada pelas equipes dos governos. 

A versão final do simulador – que foi doada ao Minfra – ficou pronta em maio. Para realizar o simulador, a Paragon obteve dados fornecidos pela Associação de Medicina Intensiva, pelo Ministério da Saúde e Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).